AS MAIS POPULARES

segunda-feira, 14 de setembro de 2015

A ORAÇÃO NOS UNE A DEUS!

Quem Ora ignora a morte, deixa a terra, entra no céu e vive com Deus. Comprove aqui:

A Crucifixão de São Pedro - Caravaggio; os Santos Mártires nos ensinam que quem Ora não teme a morte.
.
Santo Afonso de Ligório
.
Quem se vale da oração, desta grande arma, diz São Pedro Crisólogo, ignora a morte, deixa a terra, entra no céu e vive com Deus.
Não cai em pecado, perde o apego às coisas da terra, entra no Céu e já nesta vida começa a gozar da presença de Deus.
De que serve, pois, alguém angustiar-se e dizer: Estarei inscrito no livro da vida? Quem sabe se Deus me dará a graça eficaz e a perseverança?
“Não vos preocupeis, mas com muitas orações e rogos, com ação de graças, sejam conhecidas as vossas súplicas diante de Deus!” (Fl. 4, 6).
De que serve, diz o Apóstolo, perturbar-vos com estes pensamentos angustiantes e com estes temores?
Afugentai, portanto, todas essas ansiedades que só servem para diminuir a vossa confiança e tornar-vos mais tíbios e preguiçosos no caminho da salvação.
Rezai sempre; fazei que vossas orações sejam ouvidas por Deus e agradecei-lhe sempre as promessas que vos fez de conceder-vos sempre os dons que pedis, a graça eficaz, a perseverança, a salvação, e tudo o que quiserdes.
O Senhor pôs-nos em batalha contra poderosos inimigos, mas é fiel às suas promessas. Não consente que sejamos atacados além de nossas forças.
“Deus é fiel e não permitirá que sejais tentados mais do que podem as vossas forças”. (1Cor. 10, 13). É fiel, porque socorre imediatamente a quem o invoca.
Escreve o douto eminentíssimo cardeal Gotti que o Senhor, não é obrigado a dar-nos sempre uma graça igual à tentação;
Mas é obrigado, quando somos tentados e recorremos a Ele, a dar-nos por meio da graça (que para todos tem preparada e oferece), a força suficiente, com que oportunamente possamos resistir às tentações:
“Em virtude de graça que põe à nossa disposição e nos oferece, Deus é obrigado a conceder-nos, quando somos tentados e a Ele recorremos, as forças necessárias para podermos resistir e para que resistamos de fato; pois tudo podemos naquele que nos conforta pela graça, se humildemente pedirmos”.
Tudo podemos com o auxílio divino, que será concedido sempre a quem pede; por isso, não temos desculpas, quando somos vencidos pela tentação.
Fomos vencidos, porque não rezamos. Pela oração, podemos desarmar todas as ciladas do demônio. Pela oração, diz Santo Agostinho, afugentamos todos os males.
.
*   *   *

catecristonarede

Marcadores

catecristonarede

Valeu a informação do catecristonarede?

catecristonarede

SEGUIDORES

catecristonarede

catecristonarede

catecristonarede
~~catecismoLegal~~

catecristonarede

~~catecismoLegal~~ para todas as idades!
Aprenda com esmero e com facilidade àquilo que fará bem para sua espiritualidade!