AS MAIS POPULARES

terça-feira, 17 de junho de 2014

PENTECOSTES

PENTECOSTES: A força de Deus criando no homem novos sentimentos e revelações.

De repente veio do céu um ruído, como se soprasse um vento impetuoso, e encheu toda a casa onde estavam sentados.

Um dos fenômenos mais interessante acontecido após a morte de Jesus Cristo, foi Pentecoste. Este Espírito que nos impulsiona nos transforma e nos encoraja a sair de um estado de morte para a vida.

Os apóstolos encontravam-se desiludidos, abatidos, recuados e de repente, tornam-se corajosos e rompe com as misérias que o aprisionava.

Pentecostes é pura revelação divina, é a sabedoria e a bondade de Deus agindo numa ordem sobrenatural sobre o humano.

É próprio Deus saindo de seu mistério, dirige-se ao homem, interpela-o, entra em comunicação pessoal de pensamento com ele, é um sinal de sua benevolência infinita.

Às vezes o próprio homem tem dificuldade de entender e aceitar esta ação, pois caso aconteça, ele terá que fazer uma mudança radical em sua vida. É ai que haverá perda para uma nova adequação. Desabrochará nele verdadeira identidade de amor e da compaixão, pois passará a ser digno da caridade infinita.

Todo homem é digno desta revelação, mesmo aqueles que relutam contra ela, pois a própria fé que o acompanha, o credencia.

Esta ação divina é concebida como palavra de Deus à humanidade, distinguindo-se de sua manifestação como causa e fim das criaturas; uma palavra de autoridade, qualificada pela ciência e pela veracidade do Deus infinitamente sábio e infinitamente Santo.

Não temos como negar, que os avanços tecnológicos, o consumismo exagerado, têm criado uma inquietação no homem, inquietação esta, que tem distanciado-o de uma paz interior, levando até mesmo a uma grande dificuldade de reconhecer a existência daquele que caminha diariamente ao seu lado, ou às vezes o considerando simplesmente como um objeto de seu bel prazer.

O homem num contexto geral, precisa alimentar-se desta verdade. Tudo foi feito por ele e sem ele nada feito. Nele havia luz, e a vida era a luz dos homens. A luz resplandece nas trevas, e as trevas não a compreenderam. (Jo1,3).

É preciso ouvirmos piedosamente a voz do Evangelho, pois é a bússola que nos orienta,     que nos exorta e nos propõe as mudanças necessárias para uma vida salutar.

A palavra revelação não é uma palavra humana, mas divina; é acompanhada pela graça. A fé  é o ponto inicial duma penetração sempre mais profunda da verdade recebida, de uma  busca da inteligência, sempre mais intensa e ardente.

Em tudo há a manifestação divina: na terra, no mar, nas estrelas, no cosmo, nos animais nos vegetais, sem falar no homem que é a sua imagem e semelhança. O que nos falta, é justamente aprofundar nesta sincronia, mergulhar neste mistério para que este mistério possa fazer parte do nosso trabalho, da nossa família, da nossa comunidade e principalmente do nosso ser interior.

A hostilidade entre os homens, a rivalidades das religiões, a visão egocêntrica e a concentração econômica, tem sido um dos fatores preponderante para o afastamento e a encarnação deste mistério no homem “revelação”.

O espírito está à espera da palavra para fecundar e fazer frutificar, depende simplesmente de cada um de nós, depende da abertura, depende do bem querer.

Todas essas curas e ressurreições são gesto de amor. Deus visita-nos no meio de nossas enfermidades. Compadece-se, comove-se, perturba-se em seu coração de homem. (Mt.11,28).

A obediência da fé é a resposta do homem a pregação evangélica, sob a iluminação do Espírito Santo; não é uma exigência tirânica de Deus, mas uma adesão amorosa ao plano de sua infinita sabedoria e caridade. A fé dá começo a um crescimento continuo no conhecimento do mistério que só atingirá seu termo na revelação de visão.

Uma das provas cabais que o Espírito Santo consolida a união, é a iniciativa do Papa Francisco em convidar o Presidente de Israel, Shimon Peres, e o líder Palestino Mahmud Abbas, a  realizarem nos jardins do Vaticano, uma oração conjunta pela paz no Oriente Médio. Os dois se cumprimentaram de forma calorosa na presença do Papa que não escondeu sua satisfação com o encontro. Quanta ternura, quanta sabedoria de um homem que está revolucionando a nossa Igreja.

Que a infinita bondade do soberano Deus, possa nos iluminar e nos facilitar o entendimento e o mergulho nesta nova dimensão que é almejada por todos os homens de boa vontade.

Expedito Scheffer Pereira-

Palestrante-Teólogo-Psicanalista.

catecristonarede

Marcadores

catecristonarede

Valeu a informação do catecristonarede?

catecristonarede

SEGUIDORES

catecristonarede

catecristonarede

catecristonarede
~~catecismoLegal~~

catecristonarede

~~catecismoLegal~~ para todas as idades!
Aprenda com esmero e com facilidade àquilo que fará bem para sua espiritualidade!