AS MAIS POPULARES

quinta-feira, 30 de abril de 2015

SER GENTE: Cidadania e Exclusão

Viver a cidadania nos dias de hoje não é a mesma coisa como se vivia há 50 anos.
Somos marcados por uma realidade "crua e nua", cheia de desafios, próprios dessa época, em que a virtualidade se impera.
Somos desafiados a viver uma fé comprometida com a vida.
No entanto, o que se entende por desafios?
São problemas e questões que a nossa fé enfrenta com o nosso Modo de Viver.
Assim, devemos nos indagar periodicamente: 

- Qual a Minha contribuição na construção do Mundo?

- Preocupo-me com  as pessoas ou grupos menos desfavorecidos?

Procuremos conscientizar-nos que a pobreza pode, por exemplo, levar a uma situação de exclusão social.

Que um trabalhador de uma classe social baixa, pode ser pobre e estar integrado na sua classe e na comunidade. 

Que fatores/estados como a pobreza, o desemprego ou emprego precário, as minorias étnicas e ou culturais, os deficientes físicos e mentais, os sem-abrigo, trabalhadores informais e os idosos podem originar grupos excluídos socialmente mas, não é obrigatório que o sejam.

Por isso, devemos superar o individualismo, acolher bem as pessoas, ir ao encontro dos mais pobres.



A Igreja existe para anunciar a boa nova de Jesus. Sente que deve ir ao encontro dos mais necessitados e pobres. Há muita gente sem orientação e sem rumo porque não lhes foi mostrado o verdadeiro caminho do amor, do perdão, da justiça. 



terça-feira, 28 de abril de 2015

MÃE AMOR, AMOR DE MÃE:

O MELHOR REMÉDIO: amor ~~



MÃE É SEMPRE AMOR!
O AMOR inclui a compaixão,
que significa sofrer com o outro.
A compaixão é diferente da piedade, 
que significa
sofrer pelo outro.
Quando sentimos compaixão,
podemos abandonar nossas expectativas
e deixar que os outros 
escolham 
seu próprio caminho.
Com compaixão podemos amar
os outros, mesmo que errem.

A FÉ e a SAÚDE, tem tudo a ver!

ROMARIA EM BUSCA DE SAÚDE





A saúde é o nosso maior tesouro que precisa ser cuidado com carinho.

Nas romarias aos santuários o povo vai para agradecer e pedir alguma graça em relação à vida e à saúde.

No Santuário Nacional de N.S. Aparecida, em São Paulo, se tem a famosa "sala das promessas", no linguajar da teologia erudita, mas "dos milagres" na linguagem da fé simples do povo.

Aí estamos diante de milhões de objetos "sacramentais" (fotos, roupas, velas, peças anatômicas em cera de todos os tamanhos), verdadeiros presentes do povo para a"Mãe da Saúde", que nos revelam histórias de salvação de perigos, acidentes, sofrimentos afetivos, doenças incuráveis, enfim, da morte/morte!

TODO CORAÇÃO AGRADECIDO DEIXA SUA MARCA DE "ação de graças" PELA SAÚDE ALCANÇADA.

segunda-feira, 27 de abril de 2015

SER GENTE, SER CIDADÃO!

FAZENDO UM MUNDO MELHOR
Ser cidadão é também sair da toca e participar da vida em comunidade. Você pode até achar que esse papo não tem nada a ver com seu dia-a-dia... mas tem sim!

Cada vez que você agir pensando não só em si mesmo, mas também no bem-estar de todos, estará exercendo a cidadania.

Porque a cidadania não é só direitos e deveres, mas também a consciência de que devemos nos esforçar para construir um mundo melhor, mesmo com pequenas ações.
É isso aí, gente boa! Toda vez que você jogar o lixo NA LIXEIRA, fechar a torneira para não desperdiçar águarespeitar quem é diferente de você, ajudar quem precisa - seja auxiliando uma pessoa idosa a atravessar a rua ou doando roupas e brinquedos que você não usa mais -, praticar atos que protejam o meio ambiente, você estará contribuindo para um mundo melhor. E fazendo parte dessa coisa tão importante chamada cidadania.
Cada pequena ação que realizamos transforma nossas vidas e as vidas de outras pessoas.
Para ser um bom cidadão basta perceber que não estamos sozinhos: vivemos em comunidade, seja em casa, na rua, na escola, na nossa cidade, no nosso país e no planeta Terra.

sábado, 18 de abril de 2015

A FÉ SE MANIFESTA NAS OBRAS:




Procurar conhecer JESUS cada vez mais; 
descobrir os seus pensamentos e sentimentos; 
ouvir as suas propostas; 
identificar os seus caminhos;
escutar, interiormente, o chamamento Dele a nós. 
Tudo isso é importante para que possamos dar a Jesus uma resposta pessoal.
De certa forma, acontece um encontro de cada um com Jesus e, como aconteceu com Pedro, a pessoa percebe que Ele, com olhar penetrante, interroga: "Você me ama?" 
E com seu olhar Ele diz, como a Pedro: " Eu sei que você é fraco, tantas vezes incoerente e até covarde. Entretanto, quem é você finalmente: a fraqueza e covardia? Ou você é amor? Você me ama?



A resposta é profundamente pessoal. Porém, não se limita à intimidade de quem a dá. Tem consequências nas demais dimensões da vida. Porque a FÉ acontece no interior de cada pessoa, mas se manifesta NAS OBRAS desta pessoa.

Tome os seguintes textos para orar; veja o que eles dizem e procure, com eles, iluminar a sua própria vida:

Tiago 2, 14-26
Romanos 13, 8-14
2ª Coríntios 5, 16-21
2ª Coríntios 6, 1-13
Romanos 12, 1-21
Romanos 5, 1-11
Efésios 4, 17-32
Efésios 5,1-21

Jesus fala que AS OBRAS DA FÉ SÃO O AMOR QUE ACABA SE MANIFESTANDO NO RELACIONAMENTO ENTRE AS PESSOAS E NOS SERVIÇOS DE UNS AOS OUTROS.

Use os seguintes textos para você dialogar com o Senhor a respeito de sua amizade comprometida com Ele e as consequências práticas deste compromisso na vida:

João 13, 1-17
Mateus 25, 31-46
João 13, 33-35
João 15, 1-17
Lucas 12, 42-47
Lucas 13, 6-9
Lucas 11, 27-28
Lucas 10, 25-37
Lucas 8, 9-11
Mateus 21, 28-32
Mateus 7, 21-27

Não é com palavras e mais palavras vazias que nós damos testemunho de Jesus.
É com amor praticado nas OBRAS DA VIDA. [Lucas 12, 8-9]. 



sexta-feira, 17 de abril de 2015

A FÉ NA BÍBLIA:

Muito aprendemos na Bíblia!!!


A primeira coisa a se dizer sobre a fé é que ela é muito mais do que crer. Dizer que a fé é somente crer é torná-la algo superficial demais. É interessante, pois a Bíblia diz que até mesmo os demônios creem:“Crês, tu, que Deus é um só? Fazes bem. Até os demônios creem e tremem.” (Tg 2. 19)

A Bíblia nos diz muita coisa a respeito da fé e de sua profundidade. Vejamos então o que ela significa na realidade.

“Ora, a fé é a certeza de coisas que se esperam, a convicção de fatos que se não vêem.” (Hb 11. 1). Certeza e convicção são palavras que exprimem uma grande característica da fé: Ela não convive no mesmo ambiente da dúvida e da hesitação. Além disso, ela é totalmente alicerçada na esperança e não em fatos concretos. (certeza de coisas que se esperam, a convicção de fatos que se não vêem). A fé verdadeira é totalmente fundamentada na confiança em Deus e em Sua palavra e não nas circunstâncias. A fé só faz sentido quando aponta para Deus.

Na Bíblia vemos a fé sendo apontada como algo de muito poder na vida de uma pessoa. Jesus mostra que a presença da fé, mesmo que de forma “pequena”, faz muita diferença. “Respondeu-lhes o Senhor: Se tiverdes fé como um grão de mostarda, direis a esta amoreira: Arranca-te e transplanta-te no mar; e ela vos obedecerá.” (Lc 17. 6)

A falta de fé desagrada a Deus. Jesus repreendeu seus discípulos algumas vezes por eles não aplicarem a sua fé nas situações que estavam vivendo. “Perguntou-lhes, então, Jesus: Por que sois tímidos, homens de pequena fé? E, levantando-se, repreendeu os ventos e o mar; e fez-se grande bonança.” (Mt 8. 26).





Deus é a fonte da fé. Ela vem Dele. Não há como ter fé à parte de Deus.
Sem ela desagradamos a Deus. “De fato, sem fé é impossível agradar a 
Deus…” (Hb 11. 6). Com ela O agradamos.
“Ouvindo isto, admirou-se Jesus e disse aos que o seguiam: 
Em verdade vos afirmo que nem mesmo em Israel achei fé como esta.” (Mt 8. 10).

Várias pessoas tiveram suas vidas transformadas por Jesus e, surpreendentemente, uma frase que Ele disse a várias delas nos mostra a importância da fé: “Então, Jesus lhe disse: Vai, a tua fé te salvou. E imediatamente tornou a ver e seguia a Jesus estrada fora.” (Mc 10. 52).A fé é um elemento de transformação de vida.

A fé deve produzir em nós o desejo de realizar boas obras. Uma fé egoísta nem deveria ser chamada de fé. A nossa fé é para nós e deve também ser espalhada ao nosso redor. “Porque, assim como o corpo sem espírito é morto, assim também a fé sem obras é morta.” (Tg 2. 26).

Além de todos estes significados, a Bíblia ainda mostra que o justo, ou seja, aquele que teme a Deus e anda nos Seus caminhos, viverá pela fé. Ela é como o ar que ele respira; sem ela o justo não vive a vida preparada por Deus para ele; “todavia, o meu justo viverá pela fé; e, se retroceder, nele não se compraz a minha alma.” (Hb 10. 38).

FÉ: o que é?

FÉ: significa "confiança""crença","credibilidade". A fé é um sentimento de total de crença em algo ou alguém, ainda que não haja nenhum tipo de evidência que comprove a veracidade da proposição em causa.

Ter fé implica uma atitude contrária à dúvida e está intimamente ligada à confiança. Em algumas situações, como problemas emocionais ou físicos, ter fé significa ter esperança de algo vai mudar de forma positiva, para melhor.
De acordo com a etimologia, a palavra fé tem origem no Grego "pistia" que indica a noção de acreditar e no Latim "fides", que remete para uma atitude de fidelidade.

No contexto religioso, a fé é uma virtude daqueles que aceitam como verdade absoluta os princípios difundidos por sua religião. Ter fé em Deus é acreditar na sua existência e na sua onisciência. A fé é também sinônimo de religião ou culto. Por exemplo, quando falamos da fé cristã ou da fé islâmica.
fé cristã implica crer na Bíblia Sagrada, na palavra de Deus, e em todos os ensinamentos pregados por Jesus Cristo, o enviado de Deus. Na Bíblia há inúmeras referências ao comportamento do cristão que age com fé. Uma das frases sobre o tema afirma que "a fé é o firme fundamento das coisas que se esperam, e a prova das coisas que não se vêem". (Hebreus 11:1).
O termo "fé" surge em algumas expressões populares e também no contexto legislativo. Alguns exemplos:
"Fazer fé": acreditar em alguém ou em algum ato; ter esperança.
"Dar fé": afirmar como verdade.
"Boa fé" : forma de agir honestamente, sem quebrar um compromisso.
"Má fé": agir de forma intencional para prejudicar terceiros.

quinta-feira, 16 de abril de 2015

SOLIDARIEDADE

 A característica do cristão é o amor, ou seja a Solidariedade.
Quem não ama, não sabe ser solidário, não é cristão, mesmo que seja batizado.

Como podemos ser cristãos em nossa casa, em nosso colégio, em nosso trabalho, em nossa rua  em nosso bairro?
Claro, imitando Jesus na medida do possível.

Jesus amou principalmente as pessoas mais necessitadas. Compadeceu-se profundamente dos sofrimentos dos doentes incuráveis, dos deficientes físicos, dos pobres e dos pecadores rejeitados pela sociedade. Isso pode ser verificado em muitas passagens dos Evangelhos. Vejamos:

A cura de uma mulher encurvada (Lucas 13,10-13);

A cura de dois cegos de Jericó (Mateus 20,29-34);

A ressurreição de jovem (Lucas 7, 11-17).



Assim, devemos AMAR COMO JESUS AMOU!!!

A FÉ em CRISTO conduz à VIDA!!!

JESUS CRISTO veio para servir:
Veio ensinar o amor de Deus. Por isso, preocupou-se com o pão nosso de cada dia. Certa vez, para saciar a fome da multidão que o seguia, realizou o milagre da multiplicação de pães. Veja o relato desse milagre em João 6, 5-15.
O maior ensinamento de Jesus é o amor, a própria Solidariedade. Se nos amássemos uns aos outros, não haveria famintos, desempregados, crianças de rua, desabrigados etc....

LAVA-PÉS: Símbolo admirável de serviço ao próximo.

Jesus é a pessoa mais admirável que existiu na face da terra, exemplo de Solidariedade para todos.

Por que "lavar os pés"?

Ao lavar os pés de seus discípulos e dizer-lhes que se lavassem os pés uns dos outros, Jesus quis passar uma mensagem maior: que as pessoas se ajudassem, que se servissem umas às outras. Isto é: que fossem SOLIDÁRIOS!!!

SOLIDÁRIO, o que é?

  • Ser SOLIDÁRIO é…
  • partilhar;
  • perceber as diferenças;
  • acreditar que é possível mudar o que está errado;
  • ser maior de coração;
  • dar com alegria;
  • dizer não ao egoísmo em que todos vivemos;
  • dizer não à miséria e à injustiça social;
  • dar afeto;
  • fazer companhia a quem vive na solidão;
  • ser amigo;
  • ajudar um MUNDÃO de pessoas a SER FELIZES!!!



domingo, 12 de abril de 2015

MISERICÓRDIAS:

Hoje é comemoramos a Festa da Divina Misericórdia! Veja o que disse Nosso Senhor:


Eis o relato de Santa Faustina:
“Em determinado momento ouvi estas palavras”:
Minha filha, fala a todo o mundo da Minha inconcebível misericórdia.
Desejo que a Festa da Misericórdia seja refúgio e abrigo para todas as almas, especialmente para os pecadores.
Neste dia estão abertas as entranhas da Minha misericórdia. Derramo todo um mar de graças sobre as almas que se aproximam da fonte da Minha misericórdia.
A alma que se confessar e comungar alcançará o perdão das culpas e das penas. Nesse dia estão abertas todas as comportas divinas, pelas quais fluem as graças.
Que nenhuma alma tenha medo de se aproximar de Mim, ainda que seus pecados sejam como o escarlate.
A Minha misericórdia é tão grande que, por toda eternidade, nenhuma mente, nem humana, nem angélica a aprofundará.
Tudo o que existe saiu das entranhas da Minha misericórdia.
Toda alma contemplará em relação a Mim, por toda a eternidade, todo o Meu amor e a Minha misericórdia. A Festa da Misericórdia saiu das Minhas entranhas.
Desejo que seja celebrada solenemente no primeiro domingo depois da Páscoa.
A humanidade não terá paz enquanto não se voltar à fonte da
Minha misericórdia.
*   *   *
Fonte: retirado do Diário de Santa Faustina Kowalska.

sábado, 11 de abril de 2015

ORAÇÃO: a união com Deus no dia a dia!

Você tem zelo pela Oração? 


C
Isto é, que com toda humildade dê graças a seu Criador pelos benefícios recebidos e ainda a receber.
Isto aconselhou São Paulo Apóstolo, aos Colossenses, no capítulo quarto de sua epístola, dizendo: “Perseverando na oração, velando nela com ação de graças”.
Não há nada que torne o homem tão digno das dádivas divinas como o contínuo agradecimento pelos dons recebidos. Por isso escreve Santo Agostinho a Aurélio: “Que de melhor poderíamos sentir no coração, manifestar com palavras e exprimir com a pena do que Deo gratias (graças
a Deus)”.
Quando, portanto, estás em oração, medita entre ações de graça, que Deus te fez homem; que te fez cristão; que te perdoou inúmeros pecados; que em muitos pecados teria caído, se o Senhor não te houvesse protegido; que não permitiu morreres no mundo, mas te chamou a uma religião altíssima e perfeitíssima que te apascentou sem trabalho teu.
Medita que por ti se fez homem, foi circuncidado e batizado. Por ti se tornou pobre e nu, humilde
e desprezado.
Por ti jejuou, teve fome e sede, trabalhou e se fatigou; por ti chorou, verteu suor de sangue, te alimentou com teu santíssimo corpo e te deu a beber o seu preciosíssimo sangue.
Por tua causa foi esbofeteado, coberto de escarros, escarnecido e atado. Por ti foi crucificado, chagado, morto de morte torpíssima e amaríssima. Tudo isto sofreu para a tua salvação.
Foi sepultado, ressurgiu, subiu aos céus, enviou o Espírito Santo e prometeu dar a ti e a todos os eleitos o reino do céus.
Tal ação de graças, feita na oração, é sobremodo útil, nem tem valor, sem ela, qualquer oração. Pois, “a ingratidão, como diz São Bernardo, é um vento ardente que seca a fonte da piedade, o orvalho da misericórdia e o rio
da graça”.
Colocar o coração na oração
Para uma oração perfeita é que o teu espírito não pense, durante a oração, em outra coisa senão aquilo que oras.
Seria muito inconveniente falar alguém a Deus com a boca e se ocupar com outra no coração; dirigir, por assim dizer, a metade do coração ao céu, e reter a outra metade na terra.
Semelhante oração jamais será atendida pelo Senhor.
Por isso diz a interpretação de Lyrano das palavras do Salmo: “Clamei de todo o meu coração; atendei-me, Senhor: ‘um coração dividido não alcança coisa alguma’”.
Deve, pois, a serva de Deus, no tempo da oração, afastar o seu coração de todos os cuidados exteriores, de todos os desejos mundanos e de todas as afeições carnais, dirigi-lo ao seu intimo e levantar todo o coração e toda a alma somente àquele a quem dirige a sua oração.
Este conselho te dá o teu Esposo Jesus no Evangelho dizendo: “Tu, porém, quando orares, entra no teu aposento, e, cerrada a porta, ora a teu Pai”.
Então terás entrado no teu aposento, quando tiveres encerrado no íntimo de teu coração todas as cogitações, todos os desejos, todas as afeições; então terás fechado a porta, quando tão diligentemente guardares o teu coração que nenhuma cogitação fantástica te possa impedir
na devoção.
“A oração, explica Santo Agostinho, é a direção da alma a Deus por um afeto devoto e humilde”.
Ouve, bem aventurada madre, serva de Jesus Cristo e inclina o teu ouvido às palavras de minha boca. Não te deixes enganar, não te deixes iludir, não percas o grande fruto de tua oração, não percas a suavidade nem a doçura que deves haurir na oração.
*   *   *
Fonte: retirado do livro ”A vida perfeita” de São Boaventura.

CRUZ SAGRADA:

Ame a Cruz de Cristo e saberá onde está a Felicidade.

Jesus Crucificado
A cruz de Cristo! Que mais posso dizer? Não sei orar, não sei o que é ser bom, não tenho espírito religioso, pois estou cheio do mundo.

Só sei uma coisa, uma coisa que enche a minha alma de alegria, apesar de me ver tão pobre de virtudes e tão rico em misérias;
Sei apenas que tenho um tesouro que não trocaria por nada nem por ninguém: a minha cruz, a cruz de Jesus, essa cruz que é o meu único repouso.
Como explicar isto? Quem não experimentou, não pode sequer suspeitar do que se trata.
Ah, se todos os homens amassem a cruz de Cristo! Se o mundo soubesse o que é abraçar plenamente, verdadeiramente, sem reservas, em loucura de amor, a cruz de Cristo!
Tanto tempo perdido em conversas, devoções e exercícios que são santos e bons, mas que não são a cruz de Jesus, não são o que há de melhor.
Pobre homem que não prestas para nada, que não serves para nada, que arrastas a tua vida, seguindo como podes as austeridades da regra, contentando-te em esconder no silêncio os teus ardores:
Ama até à loucura o que o mundo despreza por não conhecer, adora em silêncio essa cruz, que é o teu tesouro, sem que ninguém se aperceba.
Medita em silêncio diante dela nas grandezas de Deus, nas maravilhas de Maria, nas misérias do homem. Prossegue a tua vida sempre em silêncio, amando, adorando e unindo-te à cruz.

catecristonarede

Marcadores

catecristonarede

Valeu a informação do catecristonarede?

catecristonarede

SEGUIDORES

catecristonarede

catecristonarede

catecristonarede
~~catecismoLegal~~

catecristonarede

~~catecismoLegal~~ para todas as idades!
Aprenda com esmero e com facilidade àquilo que fará bem para sua espiritualidade!